top of page
  • Foto do escritorWill Junior

Cidadania e Inclusão Social


Esta semana, a coluna conversou com Igor Normando, que está à frente da Secretaria Estratégica de Articulação da Cidadania (Seac), criada em 2020 com o principal objetivo de fazer o desenvolvimento de uma cultura de paz, inclusão social e geração de oportunidades culturais, educacionais e econômicas.


Um dos objetivos da atual gestão é o exercício de direitos, principalmente em espaços territoriais caracterizados por fenômenos de desconexão, violência e criminalidade, que representem ameaças à vida e à liberdade de populações trabalhadoras, criativas e carentes de apoio e investimentos.


Para Igor, está sendo um grande desafio, porém também uma grande oportunidade de transformar a vida de várias pessoas, através de ações e projetos da secretaria. O titular alega ser muito gratificante, já que quanto maiores são os desafios, consequentemente maiores são os sonhos e as realizações.


“Está sendo um desafio novo porque o legislativo é quem propõe, quem fiscaliza. Já o executivo é quem administra, agora nós estamos do outro lado do balcão. Agora a gente tem o poder de executar, a gente que acaba recebendo a demanda da população e a gente tenta com sensibilidade fazer com que aquilo que a gente escuta na rua, possa ser executado dentro da pasta”, afirma Igor Normando.


As usinas têm levado grandes retornos para as comunidades, profissionalizando e tirando das ruas centenas de jovens e adultos das periferias da Grande Belém. Além da capital, Igor declara que tem projetos de expansão para outros municípios do Estado, afirma ainda que possuem projetos para a criação e implementação de mais 13 usinas, e que até o final da gestão possam contar com 40 unidades atendendo populações acima de 50 mil habitantes.

Comments


bottom of page